quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Quilhas de Folha de Bananeira

A Oberst Wood Fins apresenta as primeiras quilhas feitas com Folha de Bananeira ....

Modelos G-3 e G-5 com folha de bananeira

Modelo Longboard Caixa folha de bananeira

domingo, 18 de outubro de 2009

Surf session de Primavera




















SURFER: NICOLAS OBERST KADGIEN
FOTO: JUAN PICCOLO

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

OBERST WOOD FINS dentro do Projeto SURFANDO POR UM MUNDO MELHOR

A OBERST WOOD FINS é colocada dentro do Primeiro Catalogo de Produtos de Surf Sustentávels que será divulgado pelo Projeto Surfando por um Mundo Melhor do Instituto Ilhas do Brasil .



O Instituto Ilhas do Brasil, é uma ONG com sede em Pantano do Sul que tem como missão empoderar instituiçoes e comunidades para os desafios da sustentavilidade.

O Projeto SURFANDO POR UM MUNDO MELHOR do IIB, é uma iniciativa que enxerga o surf como uma ferramenta capaz de promover a transição da sociedade rumo à sustentabilidade, tendo como missão empoderar principalmente aos protagonistas da realidade do mundo do surf (surfistas, instituçoes, industria) de uma mensagem conciliadora entre homen e natureza, transformando-os em mentores das futuras gerações, na compreensão dos atributos da sustentabilidade desenvolvendo assim uma corrente de processos, serviços e produtos ecologicamente corretos ...

Um dos pontos do projeto é criar e divulgar o Primeiro Catalogo de Produtos de Surf Sustentavels, para que no mercado exista uma opção por pranchas e accesorios ecologicamente corretos, procurando assim consientizar aos consumidores e fortalecer aos fabricantes.

OBERST WOOD FINS como Produto Sustentável:

As quilhas artesanais OBERST WOOD FINS são feitas com madeiras recicladas de moveis e laminadas com recortes sobrantes de tecido de fibra de vidrio. Além de isso, a quilha tem menor percentagem de resina na sua composiçao (40% menos que as convencionais) o que ajuda a diminuir a demanda de esse produto tóxico.

Para mais info acesse:

http://projetosurfando.blogspot.com/2009/10/produtos-alternativos-dentro-do.html

http://www.ilhasdobrasil.org.br/